Como nasce um bazar

bazar

A sementinha que deu origem a este blog era a idéia de que eu queria fazer um bazar em casa para as amigas mais chegadas. Um bazar inspirado nas garage sales e na brincadeira que propus no Natal do ano passado (vide os dois posts anteriores), regado a risadas, comes e bebes.

O fim do ano está aí – pelo menos é o que me dizem as luzinhas de Natal do shopping perto de casa – e é tempo de presentear, mas, também, de fazer uma limpeza nos armários para renovar os ares para o ano que vem. Jogar fora o que está estragado, doar móveis e roupas para instituições de caridade, e, agora, participar de um bazarzinho básico.

Seria para vender a precinhos camaradas, trocar ou, até mesmo, doar coisas que a gente não usa mais ou peças de artesanato produzidas por quem tem talentos manuais. Se daria na minha casa mesmo, só que ainda não pensei em data, nem nada.

Queria fazer este ano, mas não sei se vai dar. Na verdade, só estou divulgando o “Lavô tá novo!” agora para um seleto número de pessoas, que convido para embarcar nessa idéia. Vamos conversando, enquanto a gente desce as coisas do maleiro, abre baús e gavetas. Mãos à obra?

Anúncios

7 responses to this post.

  1. Posted by tania on 03/11/2009 at 22:13

    Oi, Paulinha! Vc já tinha me falado e adorei a ideia, mesmo sabendo que por enquanto não vou poder visitar pessoalmente o bazar. Adorei o blog! Já o coloquei em “meus favoritos”. Bjos

    Responder

  2. Posted by Cali on 03/11/2009 at 23:49

    Olha…..pra mim seria uma mão na roda, uma vez que estou qse de mudança para fora do país e terei que me desfazer de 99% das minha coisas….pode apostar que estou dentro…
    Bjos
    PS: adorei o blog novo, mto bom mesmo….boa sorte!!!

    Responder

  3. Paulinha,
    AMEI! Recém-nascido e já cheio de coisas legais… parabéns, serei frequentadora! 😉
    E claro que vou linkar ao Respira Fundo também… além de tudo, tem muito a ver com a filosofia de lá!
    Conte comigo tb para os próximos bazares… 😉
    bjos!
    Ju

    Responder

  4. Já está linkado lá no Respira Fundo, e devidamente comentado tb! 😉
    Aliás, há alguns dia eu coloquei lá um post sobre o FreeCycle, que tb tem essa inspiração do reaproveitamento. Vc já ouviu falar? É uma iniciativa bacana pra potencializar contatos. 🙂
    bjos!

    Responder

  5. Salve! 🙂

    Já estou organizando uma feira-de-trocas com algumas amigas. Sonho em fazer isso há anos, acho que agora rola! Saí do Rio de Janeiro e vim morar no interior de Minas há quase 17 anos e esse tipo de coisa ainda é visto com estranheza no interior. Engraçado esta coisa de contra-mão entre os grandes centros e o interior. Nos grandes centros tem muita gente que já percebeu que tá na hora de seguir outro rumo… Por aqui o povo ainda sonha com grandes prédios e shopping centers, consumo cada vez maior… Enfim… E se a gente tenta explicar algo no estilo 3R corre o risco de ser chamado de “sovina, unha de fome, pão-duro”…rsrsrs

    Parabéns pelo blog!

    beijoca

    Cláudia

    Responder

  6. Posted by Meire (mãe) on 08/11/2009 at 1:14

    Parabéns, o novo blog já nasceu com cara de sucesso, e garanto que o bazar também será.
    Quando eu crescer quero ter o orgulho de ter uma filha como você.
    Beijos

    Responder

  7. […] Como nasce um bazar novembro, 2009 6 comentários […]

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: